Por que e como fazer lives (transmissões ao vivo) nas redes sociais?

Por que e como fazer lives (transmissões ao vivo) nas redes sociais?

Muitas empresas têm apostado na estratégia de fazer lives para melhorar a comunicação com seus clientes. A transmissão ao vivo é uma tendência disponível em algumas redes sociais, como o Instagram, Twitter, Facebook e Youtube, que permite o compartilhamento de ideias, momentos e pensamentos para milhares de usuários em tempo real.

Alta taxa de engajamento, aproximação do público, maior alcance, realização de vendas e dinamicidade do conteúdo são algumas das principais vantagens que as lives oferecem para os seus usuários. A seguir, além de mostrar as melhores práticas na hora de gravar, também listamos algumas recomendações importantes sobre essa funcionalidade. Confira!

 

Quais são as boas práticas na hora de fazer lives?

 

Tenha consistência

Assim como a frequência dos posts, não basta fazer lives quando bem entender e achar que isso vai gerar grandes resultados; é preciso ter consistência nas transmissões para criar um público fiel de telespectadores. Uma boa dica é criar um cronograma semanal ou mensal com a data e o horário de todas as lives e apresentar para os seus seguidores.

 

Insira um CTA

Para uma marca, não é tão interessante usar transmissões ao vivo somente com o foco no maior alcance de usuários; ela deve ter um objetivo maior para fazer o seu negócio crescer. O CTA é uma forma de levar o telespectador a executar alguma ação alinhada com a sua estratégia, seja a compra de um produto, o aumento do tráfego no seu site, a assinatura de uma newsletter etc.

 

Analise seus resultados

Observar os resultados após a realização de uma live é extremamente importante para checar se o conteúdo das suas transmissões está agradando o público ou se há a necessidade de um replanejamento de roteiro.

O Facebook Live, por exemplo, permite que você acompanhe métricas como quantidade de seguidores alcançados, tempo médio que os telespectadores permaneceram na transmissão, o tipo de público assistiu a live, entre outras.

 

São necessários quais equipamentos?

Não é preciso ter equipamentos de última geração para gravar boas lives. No entanto, se você quer passar uma imagem profissional para os seus clientes, alguns itens são essenciais durante uma transmissão ao vivo. Confira a lista a seguir:

  • câmera ou celular com alta resolução;
  • microfone;
  • internet rápida e sem instabilidades;
  • boa iluminação.

O que evitar em uma transmissão ao vivo?

Por fim, alguns cuidados devem ser tomados para evitar que a sua empresa seja prejudicada durante uma live. Entre eles, estão os direitos autorais — atente-se para não inserir conteúdos de terceiros. Músicas registradas, por exemplo, podem trazer problemas para as suas transmissões, principalmente se você pretende deixá-las disponíveis na internet.

Também é importante prestar atenção na qualidade das suas lives. Não comece uma transmissão sem ter o equipamento mínimo para gravar; isso pode afastar o seu público e, consequentemente, aumentar o tempo para que você consiga bons resultados nas redes sociais.

Como pode ter notado, fazer lives nas redes sociais pode ser uma estratégia extremamente benéfica para uma empresa quando feita com planejamento. Agora que aprendeu algumas práticas de sucesso para as suas transmissões ao vivo, basta elaborar um bom roteiro, ligar a câmera e interagir ao máximo com seus seguidores.

Quer melhorar o design de imagens das suas páginas? Então, aproveite para conferir o nosso guia sobre o tamanho correto das imagens nas principais redes sociais!

 

 

Open chat
Gostaria de saber mais sobre nossos planos?
%d blogueiros gostam disto: